Terça-feira, 14 de Dezembro de 2004

A Promessa

red04[1].jpg
...pronto pronto, não é preciso estarem para aí a resmungar e a fazer aquelas caras que vocês fazem qd estão zangados(as) com alguma coisa. Eu NÃO falhei...apenas me enganei no calendário!
Como eu vos prometi, aqui estou eu,não é preciso irem buscar os tomates para me atirar, que estou já de saida...mas antes de ir vou-vos contar o que se tem passado comigo ultimamente.
Andava eu muito bem a passear com o meu lindo gatinho chamado "Vermelho", quando reparo que já tinha chegado á entrada do cemitério aqui da terra. Olhei para o que estava por de trás daquelas portas com umas grades de ferro e tremi...tremi, porque estava tanto frio que "até as unhas dos pés se encaracolavam" á medida que dava um passo.
Um vulto,o que será? - pensei eu!
Fiquei curioso e entrei(porque isto de coisas assustadoras não me diz nada!)era...ó meu Deus...era ela, ali sentada, sem receio e pelo que me pareceu á primeira vista, sozinha!
O "Vermelho" ficou tonto...ele já miava, ladrava, cacarejava...enfim, o bicho ainda ficou pior que eu!
Como tinhamos andado já um bom bocado, e eu estava cansado,sentei-me junto dela, por acaso até foi na campa do ti Augusto que morreu de idade(o vinho era de uma colheita de 1970).Olhei para ela e vi que também tremia, o vermelho tremia,aquilo já parecia mais um encontro com os extraterrestres!
Nós ficámos ali a olhar uns para os outros sem nada dizer durante uma meia hora até que ouvi um "miau", o "Vermelho" queria ir para casa e a situação a ficar de tal maneira assustadora, que eu estava de acordo com ele(e não é nada normal,principalmente quando ele decide destruir os sofás!).Já farto deste clima, decidi aproximar-me dela e sussurrar-lhe ao ouvido:
- Como é que te chamas! - Perguntei.
Assim que eu acabo de lhe dizer isto, oiço um "mmiiiaaaauuuu" mesmo como se algo de grave se passasse,abri os olhos e lá estavam os dois ligados um ao outro como se fosse a primeira vez...
Sem interromper nada, agarrei no meu esqueleto e retomei o meu caminho para casa, deixando os dois ali, sem nada que os incomodasse, precebendo assim que os gatos são como nós...Também têm fantasias e desejos, por mais malucos que possam ser!


por aguadeiro
publicado por Aguadeiro às 01:55
Link | Adicionar a Favoritos
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

About me

Search this Blog

 

Agosto 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts Recentes

Façam Filhos Poorrraaaa!!...

Um regresso inesperado, m...

*** WANTED ***

Oferta de Emprego!

O Fim da Luta!

Olhem Que bonito que é!!!...

Porra!

Mais um E-mail!

Natal em Maio 2005

A Vida é mesmo assim!!!

Chegou a hora de ajudar

A Promessa

De Regresso...daqui a um ...

Coisas da Vida

...

Arquivos

Agosto 2007

Junho 2006

Novembro 2005

Agosto 2005

Maio 2005

Dezembro 2004

Outubro 2004

Julho 2004

Junho 2004

Links

subscrever feeds